Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

sábado, 13 de junho de 2015

J. K. Rowling anuncia novo livro

Sabemos que se trata de J. K. Rowling mas o livro, o terceiro de uma trilogia, vem assinado com o seu pseudônimo — Robert Galbraith. Bastou a mega livraria online Amazon disponibilizar o novo volume em pré-venda e foram muitos os que se puseram na fila. E isto mesmo sabendo que Career of Evil, assim se vai chamar o livro, só tem lançamento marcado para 22 de Outubro.

Autora de Harry Potter prepara mais um livro para Cormoran.
Lembra o diário britânico The Guardian que as aventuras do detective particular Cormoran Strike — o protagonista da trilogia — e da sua jovem assistente Robin Ellacott estão a ser adaptadas para uma produção do canal televisivo BBC.

JK Rowling juntou-se ao seu “bom amigo” Robert Galbraith para anunciar o lançamento deste terceiro romance de mistério. E a notícia chegou via Twitter, meio que a escritora usa com frequência para comunicar com os seus milhares de seguidores.

Numa possível tradução literal o novo título deve se chamar Profissão do Mal ou Carreira do Mal.
A arte da capa segue o mesmo estilo das edições anteriores, provavelmente também será capa dura
e um volume entorno de 464 páginas. Resta agora esperar mais uma aventura de Cormoran e Robin.
No novo thriller, Strike, um veterano transformado em investigador privado a quem a guerra deixou marcas físicas e psicológicas, recebe uma estranha encomenda — um pacote contendo a perna de uma mulher. Explica a editora de Rowling/Galbraith, a britânica Sphere, que o detective acredita que quatro pessoas do seu passado possam ser responsáveis por tal “brutalidade indescritível” e, enquanto a polícia se entretém a seguir o suspeito errado, Strike e a assistente decidem trabalhar por conta própria para identificar o verdadeiro criminoso.

Career of Evil segue O Chamado do Cuco (2013) e a O Bicho-da-Seda (2014), ambos publicados no Brasil pela Editora Rocco. No primeiro dos livros da trilogia, Strike investiga o aparente suicídio de uma jovem modelo, que cai de uma varanda coberta de neve em Mayfair. No segundo, o detective é contratado pela mulher de um escritor, Owen Quine, que desaparece quando tinha acabado um romance em que caracterizava de forma perversa muitas das pessoas que conhecia, arriscando-se a arruinar muitas vidas no processo. Quando Quine é encontrado, assassinado em circunstâncias estranhas, Strike começa uma corrida contra o tempo e acaba por encontrar um homicida singular.

Rowling gostaria de ter mantido secreto o seu “parentesco” com Robert Galbraith, mas no ano passado, uma fuga de informação levou o jornal inglês The Sunday Times a revelar que era ela, afinal, a autora de O Chamado do Cuco.

“Estava desejosa de voltar ao começo de uma carreira na escrita com este novo género, de trabalhar sem criar expectativas e de receber feedback sem qualquer verniz”, disse a autora, aqui citada pelo Guardian. “Foi uma experiência fantástica e quem me dera que tivesse durado um pouco mais…”

Os romances de mistério de Robert Galbraith foram muito bem recebidos pelo público e pela crítica, que os define como policiais clássicos na boa tradição de P. D. James, Ruth Rendell, Agatha Christie e dos anos dourados do cinema americano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores