Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Resenha - Sétimo, André Vianco

Tem gente que ainda não acredita em vampiros. O espetáculo mais bizarro da Terra não pode parar.

Ô menino lindo rsrsrs filho de cruz-credo.

Após três agoniantes meses sem ler nada que realmente me prendesse a leitura, resolvi recorrer ao meu acervo de emergência, títulos que reservo para esses tempos em que o mercado literário parece estagnado em livros de um único gênero (hot, hot, more hot hotter) ou quando não aparece nada de novo pra ler. 

Ai que saudades do atirador de tijolos

A segunda parte da historia começada no livro Os Sete. acontece horas depois do desfecho do livro anterior. O que é algo que me deixou apreensivo no começo, pois temia que o autor pudesse falhar em manter a sensação de euforia, temor e comicidade da obra anterior com uma continuação tao recente. Mas, André Vianco não apenas conseguiu manter o mesmo clímax como também se superou.

Sétimo é um romance vampiresco envolvente e enganador, capaz de prender o leitor por horas a fio em diálogos brasileiríssimos capaz de fazer os leitores se identificarem com seus personagens em questão de poucas palavras. O que torna o livro ainda mais autêntico e mostra uma valor por nossa gente. Nada contra um diálogo culto e conversações transbordando eloquência, mas ouvir as expressões da nossa linguagem no texto garantiu boas risadas o livro inteiro.

"-Uma 12 faz tanto estrago quanto um transa com duas minas duma vez."

Sem spoilers, uma breve e entusiasmada descrição do que esperar ao ler Sétimo.

Espere uma aventura pelas nossas metrópoles noite, dia e madrugada adentro com improváveis aliados, personagens fictícios tão vivos que parecem reais não apenas em suas ações mais em seus pensamentos. Eventos de deixar o leitor de cabelo em pé e de se rasgar de tanto rir num virar de página. A sensualidade e a provocação do mundo dos vampiros explorada com afinco sem floreis brilhantes e galanteios de "adolescentes" patéticos (toma essa Crepúsculo!). A forma como a trama se desenrola e insere novos personagens torna o livro leve e a leitura cativante e agradável ao longo das mais de 400 páginas de terror, aventura e perseguições sanguentas. 

A visão de Sétimo de sua existência é uma das melhores partes do livro, o personagem parece um tipo de filósofo do mundo sombrio, o significado de sua existência e de seus atos são os dos temas abordados discretamente pelo autor, assim como a questão de Deus e do Diabo, que tem seus "advogados" na trama é sem dúvida um dor pontos mais provocativos da história.

Considerações
Para encerrar dou ★★★★★ ao livro pela trama, desenvolvimento, personagens e originalidade do autor. Deixo como sugestão para todos os fãs de Crepúsculo, Diário de Vampiro e Academia Vampiros. E é claro, para aqueles em geral que estão sem um bom livro pra ler no momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores