Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

O Jogo Das Poderosas - A nova figura feminina literária

A figura de personagens masculinos como protagonistas literários está cada mês mais rara, hoje quem dominam mesmo as páginas são as mulheres. Se observamos com atenção podemos perceber que não somente elas estão ganhando mais destaque nos livros como nos cinemas e séries também, o que ao meu ver não é uma coisa ruim. Para ilustrar melhor essa questão vamos conferir o Jogo das Poderosas.


As Crônica de Gelo e Fogo é o exemplo mais claro disso, transportada para as telas na série Game Of Thrones. As mulheres assumem um papel dominante e altamente influente na trama, deixando a maioria dos homens no chinelo (salvo o Tyrion, o Varys e o Petyr). Nesse mundo fictício ou as mulheres já são poderosas como Cersei, Margaery, Cately, Melisandra, Olenna, Asha e outras; ou vão adquirindo poder e influência ao longo da história que é o caso de Daenerys, Arya, Brienne, Sansa, Arianne e outras.


Princesas e rainhas aqui não são apenas rostinhos bonitos com uma coroa sobre a cabeça, são criaturas ardilosas, violentas e muito perigosas. E as que não tem coroas (ainda) são três vezes mais perigosas, armadas de espadas, machados, exército particular, magia e até dragões! Sendo franco, a não ser pelas três exceções masculinas citadas acima, a figura dos homens se restringem a velhos cansados, bêbados, garotos com espadas e covardes. Como ainda faltam dois livros para concluir a história, tenho esperança que o Martin nivele mais o jogo das poderosas, pois os homens tão uma vergonha.

O que você acha desse momento de acensão da figura feminina na literatura e nas telas? Qual sua personagem feminina favorita? Deixe sei comentário, participe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores