Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Odiosa raça (humana)

O que falta dizer sobre o racismo? Qual foi o cartaz que não pregaram, que canção ainda não foi cantada, quais poemas faltam comporem sobre isso? Assistimos durante essa semana a avalanche jornalística reprisando pela milionésima vez o assunto. Um cenário normal, momento de concentratração durante um lance de mais uma simple partida de futebol, até alguém jogar uma banana no campo ofendendo a raça dominate do planeta, a raça humana.

O que me preocupa é que a civilização mesmo com os dois pés já bem firmados nesse século ainda não tenha superados as sombras de sua história como o racismo e xenofobia. O racismo é o pior dos preconceitos, pois ele visa não somente agredir e violentar a figura da dignidade humana, mais também aniqular o próprio indivíduo. Essa ação é a negação do outro, é uma forma de diminuir e até desumanizar a pessoa por meio da humilhação.

Quando uma pessoa olha para outra e em seu olhar renega a existência da outra, seu olhar se torna mais frio e mais terrível que uma tempestade no mais duro inverno.

Hiruzen Sarutobi, Terceiro Hokage.




Mas o que me chamou atenção também foi a enxurrada medonha de hastags como #somostodosmacacos e #bananaproracismo. A atitude do jogador Daniel Alves foi legítima e me pareceu muito clara, mas a resposta em 'apoio' ao jogador parece ter uma distorção sem igual, milhares de pessoas postando fotos e videos comendo bananas se comparando a macacos? Claro que interpretações existem e elas são livres, mas é preciso se perguntar: ISSO FOI MESMO ÚTIL? PUNIL ALGUÉM? MELHOROU A MENTE DE NOSSOS SEMELHANTES? O QUE MUDOU NO MEIO PÚBLICO?


O momento agora é campo fértil para começar a mudar esse cenário efetivamente. Punições exemplares devem ser dadas para que as ações não fiquem apenas na 'conscientização' ou toda política e educação contra o racismo vai ficar parada na boa vontade.

Se me perguntar alguma coisa sobre as campanhas que estão rolando na internet vou responder: NÃO SOU MACACO, ENFIE ESSA BANANA NO SEU C#!, EU QUERO É RESPEITO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores