Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

domingo, 25 de agosto de 2013

A Traição Sobe Autópsia

Quem nunca ouviu aquele repetitivo mantra "todo mundo trai" provavelmente é um índio intocado pela sociedade ou um surdo no deserto.



A problemática da traição é sem duvida um assunto muito cotidiano na sociedade de Troca, na sociedade do espetáculo. Para essa autópsia vamos começar pelo referencial linguístico seguido de referenciais históricos.

Traição. (do lat. traditione, entrega)
  1. Ato ou efeito de trair (se).
  2. Crime de quem, perfidamente, entrega, denuncia ou vende alguém ou alguma coisa ao inimigo.
  3. Perfídia, deslealdade, aleivosia.
  4. Infidelidade no amor.


A expressão em latim ad alterum torum que significa literalmente na cama de outro(a) que designava a prática da infidelidade conjugal e com o tempo se estendeu ao sentido de fraudar ou falsificar adjeta ao verbo "adulterar".

Traição, como uma forma de decepção ou repúdio da prévia suposição, é o rompimento ou violação da presunção do contrato social (verdade ou da confiança) que produz conflitos psíquicos, morais e filosóficos entre os relacionamentos individuais, entre organizações ou entre indivíduos e organizações. Geralmente a traição é o ato de suportar o grupo rival, ou, é uma ruptura completa da decisão anteriormente tomada ou das normas presumidas pelas outros.


Segundo a psicoterapeuta Olga Inês Tessari, são vários os fatores que levam à traição: questões culturais, carências, insatisfação em relação a desejos e expectativas com o (a) parceiro (a), vingança, a busca pelo novo, o estímulo provocado pela sensação de perigo, ou mesmo de poder.

"A ideia de posse existe em quase todas as relações estáveis e as cobranças de fidelidade são normais e aceitas pela sociedade."

Segundo especialista (me pergunto que tipo de especialista?) a traição funciona como válvula de escape, pois quem trai e porque possui um motivo muito forte. Na maioria dos casos traição e mais comum em relacionamentos amorosos e cada dia que passa e mais comum, pois hoje em sociedade moderna porem ao mesmo tempo moralista a pressão psicológica e muito grande. Por isso segundo estudos algumas pessoas que ficam reprimidas com suas fantasias e anseios acabam cometendo o erro de trair alguém; isso só faz com que este individuo use uma especie de "mascara" para esconder quem realmente é, ou gostaria de ser. O medo é o principal elemento para a traição.


Conceituando a questão, é preciso entender que apesar das diversas culturas, de certa forma a maioria concorda com como o ato de traição de define ou se conclui, mas quando ele começa é ponto de reflexão. Vejamos, algumas culturas não consideram fazer sexo não-convencional (oral ou anal) um ato de traição, porem por vezes algumas consideram uma simples troca de olhares mais longos ou de mensagem uma traição consumada. Há ainda alguns considerações capciosas a serem pensadas por exemplo: não existe traição entre "ficantes", uma vez que se acredita não existir tempo suficiente pra se criar uma relação verdadeira desconfiança. Dentro da religião cristã, a traição propriamente dita só acontece depois do juramento matrimonial, ou seja, a traição durante um namoro não é traição mais sim uma fraqueza de caráter ou força de vontade. Algumas concepções mais liberais consideram traição o ato de fazer algo com outra pessoa quando poderia fazer com o parceiro, ou ainda, usar os serviços de uma acompanhante ou garota de programa é comercio e não traição.

Acredito que até agora já ficou claro as provocações, cabe agora uma reflexão sobre o assunto. Colocarei aqui cinco situações para que se possa medir o grau do seu nível em entender a traição.

1. Ver um comentário do(a) namorado(a) elogiando a aparência de outra pessoa.
2. Ver uma foto do namorado(a) com outra pessoa sentados juntos ou próximos.
3. Flagrar o(a) namorado(a) vendo vendo vídeos ou revistas pornos.
4. Soube que o(a) parceiro(a) deu uma carona à uma pessoa depois de uma festa.
5. Descobriu que o(a) namorado(a) deu um presente para uma pessoa desconhecida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores