Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Teorias Literárias: O Plano Supremo de Dorne


Na Coluna Teorias Literárias desta semana vamos juntar algumas peças de um grande quebra-cabeças por traz do jogo dos tronos. Quem são os dorneses? Por que eles não disputam pelos Sete Reinos? Qual a história deste lugar e o seu papel dentro da história fantástica d'As Crônicas de Gelo e Fogo?

Dorne é uma grande península, correspondente a parte meridional de Westeros, e é uma das regiões que constituem os Sete Reinos, embora não seja um deles. Sua capital é Lançassolar, e os Lordes da Casa Martell, que controlam a região, ainda se denominam Príncipe e Princesa, no estilo Roinar.


É em Dorne que mora quem talvez seja o mais ardiloso, maquiavélico e estrategista politico. O homem capaz de deixar figuras como Tywin Lannister e Mindinho no chinelo: Doran Martell.

A Casa Martell


A Casa soberana de Dorne, os Martell tem como lema: Insubmissos, Não Curvados, Não Quebrados. E eles tem todo o crédito pra isso, foram os únicos a conseguirem não ser conquistados pelos Targaryen, mesmo com um gigantesco exercito e dragões partido pra cima deles. E sabe o que eles fizeram pra se defender? Nada. É isso mesmo que você leu, nada! Nem mesmo os dragões foram páreos para sol flagelador, o vento cortante e o sol escaldante de Dorne. Depois de muito tempo a união de Dorne com os outros reinos veio através do casamento entre filhos da Casa Targaryen e da Casa Martell. Aqui começa o quebra cabeça.

Príncipe Doran é o governante de Dorne, um homem pensativo, que tem uma terrível síndrome de gota. Ele é nove anos mais velho que Elia e dez anos mais velho que Oberyn.

As peças que serão apresentadas serve a uma teoria da conspiração para colocarem os Targaryen de volta no Trono de Ferro.

1. Daenerys cresce em Dorne.
No livro, sempre que Daenerys pensa, cita ou recorda de sua infância ela cita limoeiros. E é sabido que limoeiros são uma planta nativa e quase exclusiva de Dorne e que existem dezenas deles ao redor e dentro do palácio real.

2. Arianne se tornaria Rainha, já que ela fora secretamente prometida para o agora morto Viserys Targaryen em um esforço para enfraquecer os responsáveis pela morte de Elia.

3. Os Dorneses se mantiveram distante dos acontecimentos, até mesmo da Guerra dos Cinco Reis. O que podemos imagina não como covardia, mas parte de uma plano para derrotar seus inimigos, afinal uma tática muito antiga é saber esperar antes de atacar.

4. Aparentemente os Dorneses tinham Illyrio e Varys sobre seu comando, o que pressupõe que as tramas para derrubar o rei Robert começavam antes da sua morte.

5. Doran trancou as Serpentes da Areia impedindo que eles levantassem uma guerra contra Porto Real e enviou uma carta para Tywin para que ele ficasse calmo e não desse atenção ao que acontece em Dorne.


Será que tem mais coisas por aí? Será que os dornesses tem algum trunfo para conseguir o Trono de Ferro? Vamos esperar pelos Os Ventos do Inverno e ver o que acontece.

2 comentários:

  1. Esse tema de "Teorias Literárias" é super interessante! Gostei muito dessa, por que sinceramente, apesar de estar terminando o 1°livro, já deu pra perceber nessa saga que dá pra conspirar muito sob a trama. :D

    ResponderExcluir
  2. Olá Azuly. Obrigado, a coluna Teorias Literárias é uma forma divertida de de testar nossos conhecimentos com as peças que vão aparecendo sutilmente em livros de uma saga. Me lembro que quando sugeriram que a Hermione poderia ser uma irmã de Harry fez muita gente ficar alucinada com os indícios disso nos livros kkkk

    E você tem toda razão, em As Crônicas de Gelo e Fogo só o que não falta é espaço pra uma conspiração rsrsrs

    ResponderExcluir

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores