Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Severo Snape e Cokeworth

"Em uma casa na Rua da Fiação, uma reunião acontece.
Uma mãe implora ajuda para seu filho, lágrimas na sua face.
Concordando em ajudar, apesar de não saber como,
qual professor de poções sela o Voto Perpétuo?"

Cokeworth é uma cidade fictícia nas ilhas inglesas aonde Harry passa uma noite no Railview Hotel com sua tia, seu tio e seu primo Duda. O nome de Cokeworth é com a intenção de sugerir uma cidade industrial, e evocar associações de trabalho pesado e fuligem. Embora nunca seja explícito nos livros, Cokeworth é o lugar aonde Petúnia e Lílian Evans e Severo Snape todos cresceram. 

Quando tia Petúnia e tio Válter estão tentando escapar das cartas de Hogwarts, eles viajam para Cokeworth. Talvez tio Válter tivera a vaga ideia de que Cokeworth era tão distintivamente não mágico e de que as cartas não os seguiriam até lá. Ele deveria ter sabido melhor; afinal a irmã de Petúnia, Lílian, se transformou em uma talentosa bruxa em Cokeworth.

É portanto Cokeworth que Belatriz e Narcisa vão no início de Enigma do Príncipe, aonde elas visitam Snape na antiga casa de seus pais. Cokeworth tem um rio que o atravessa, evidência de ao menos uma grande fábrica na longa chaminé com vista para a casa de Snape, e muitas pequenas ruas cheia de casas de trabalhadores.


Opinião pessoal: 

Para um conto que aborda o passado de personagens como Snape e Lílian é decepcionante, a outra poderia ter caprichado mais. Muitos fãs aguardam algo como um livro ou uma nova saga que tenha como foco ou plano de fundo a infancia de Snape e ou Valdemort.

Deixe sua opinião nos comentários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores