Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Educação em Magia


Sendo uma das séries literárias e franquias cinematográficas de maior sucesso, Harry Potter é bem mais que a história de uma menino órfão com poderes mágicos perseguido por um terrível vilão. Para os que apenas assistiram os filmes geralmente se interessam pelos efeitos especiais, nunca conheceram a fundo o mundo da magia que é apresentado apenas nos livros de J. K. Howling.

Uma das coisas mais fascinastes na história de Harry Potter é a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, lugar onde se passa praticamente toda a trama do personagem. O que só os leitores sabem é que Hogwarts não é um lugar de brincadeiras, ilusionismo e truques bobos de trouxas. A educação em Hogwarts é coisa séria, tão séria que seu sistema educacional segue o mesmo estilo curricular que as escolas mais caras e prestigiadas da Europa. Não entendeu?

A Carta de Admissão

 


Hogwarts não é uma escola pública como no Brasil, mas tão pouco é uma instituição particular. É mantida por doações de bruxos renomados que agem como filantropos, por impostos de produtos educacionais e em pequena parte pelo Ministério da Magia. Dito isso é preciso entender que não são todos os bruxos que recebem uma carta de matricula. Alguns casos precisam ser aprovados pelo Conselho da escola, outros pelo diretor.

Sistema Educacional


Eu como todo mundo, já imaginei como seria legal aprender alguns feitiços, encantos e azarações pra azucrinar algumas pessoas, mas lá não tem internet onde você pode ficar sabendo do conteúdo das séries avançadas sem antes terminar sua série atual. O sistema educacional em Hogwarts é dividido em três partes, sendo 5 anos de educação básica obrigatória, 2 educação vocacional apenas para quem completa a educação básica e um a dois anos de especialização apenas para os que completam a educação vocacional. O sistema é integral como maioria das escolas europeias são, os alunos tem aulas pela manhã e pela tarde e algumas horas livres de lazer, depois do jantar devem se recolher aos dormitórios, cada dormitório segue a mesma regra inglesa, 5 alunos por dormitório.

Disciplinas


Como toda escola tem suas disciplinas, com Hogwarts não poderia ser diferente. Porém aos contrário do que os estudantes brasileiros do EF e EM estão acostumados, as disciplinas na escola de magia estão divididas em duas categorias, Obrigatórias e Opcionais.

As Obrigatórias formam a educação básica de um bruxo "padrão", são elas: Poções, Feitiços, Historia da Magia, Defesa Contra as Artes das Trevas, Herbologia, Transfiguração, Duelos e Vôo, são dadas do 1° ano ao 5º ano.

As Opcionais são: Adivinhação, Trato das Criaturas Mágicas, Astronomia, Estudo dos Trouxas, Runas Antigas e Aritmância, para alunos do 6º e 7º anos.

As especializações só são realizadas quando cumpridas integralmente as necessidades curriculares das duas primeiras partes, e possibilitam o cursista uma pós-graduação em alguma área de sua predileção.

Provas e Exames


Olha se os alunos do ensino básico reclama de estudar não sabem o que passam os alunos de Hogwarts, pra começar a estupida pergunta de ignorante repetida e plicada em nossas salas de aulas "a resposta é quantas linhas?" jamais faria sentido, uma vez quem em Hogwarts se usam pergaminhos limpos, nem por isso as tarefas são simples, pois muitas vezes durante a leitura nos deparamos com professores que cobrar dois rolos de pergaminhos como respostas,outras vezes pedem respostas de 30 ou 40 cm. Ainda tem as provas semestrais que deixam alguns alunos (os dedicados e os preguiçosos) em pânico). Mas até isso é a parte fácil dos estudos, a parte difícil mesmo são os exames N.O.M.'s e N.I.E.M's.

N.O.M.'s é a sigla para Níveis Ordinários da Magia. São os exames que os estudantes de Hogwarts realizam ao final do quinto ano. Os alunos escolhem, além das matérias Obrigatórias (Poções, Defesa Contra as Artes das Trevas, Herbologia, Transfiguração, Feitiços, Astronomia e História da Magia), algumas que eles mais gostam ou tem facilidade. Para cada disciplina em que obtêm aprovação o aluno recebe um N.O.M., que serve como indicativo das suas inclinações pessoais e das matérias que estudará para prestar os N.I.E.M.s que ajudará para escolher uma profissão.

N.I.E.M's é a sigla para Níveis Incrivelmente Exaustivos de Magia. São os exames finais que os estudantes de Hogwarts realizam ao final do sétimo ano. Os alunos escolhem, dentre as matérias em que foram aprovados nos N.O.M.'s, que provas prestarão nos N.I.E.M's. Para cada disciplina em que obtêm aprovação o aluno recebe um N.I.E.M., que serve como indicativo das suas inclinações pessoais e aptidões, servindo como critério para admissão num trabalho, quando termina a escola.  É interessante comentar que estes dois exames têm relação com o Sistema Educacional Britânico. Os N.O.M's' seriam as provas finais do Key Stage 3, e os N.I.E.M.'s equivaleriam ao GCSE (General Certificate of Secondary Education).

Tanto o N.O.M.'s quanto o N.I.E.M's usam uma classificação singular, não uma classificação numérica, mas conceitual.

Notas de AprovaçãoNotas de Reprovação
O
Ótimo
PPéssimo
E
Excede Expectativas
DDeplorável
AAceitávelT
Trasgo

Casas


Hogwarts encorpora em sua educação um sistema de rivalidade cooperativa, A instituição tem quatro Casas que poderiam ser entendidas como agremiações ou grupos de estudo numa realidade mais róxima a brasileira. Cada casa aceita apenas determinados tipos de alunos, e explorar positivamente as habilidades e competências de cada um. Dessa forma evita que "panelinhas" sejam criadas por pessoas de uma mesma localidade, partido politico ou religião. Quem dera isso fosse aplicado também nas escolas publicas.

Ufa! Depois dessa pequena análise do ensino na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts espero ter mostrado que até mesmo no mundo "fácil" da magia as coisas não são bem simples. Aproveito esse momento para provocar uma reflexão:


Que tipo de educação ou sistema educacional é melhor, o deles ou o nosso?
(por favor esqueça a magia antes de responder ^^).

OBS: Só mais uma coisinha, além de Hogwarts existem outras instituições de ensino citadas nos livros da saga, Beauxbatons, localizada na França; Durmstrang, provavelmente localizada na Bulgária; Instituto das Bruxas de Salem, nos Estados Unidos; Brazilian Wizarding School, localizada no Brasil (e eu perdendo meu tempo tentando aprender a formula de Bhaskara e as coisas do história nacional); e a Universidade Mahotokoro de Estudos Mágicos, que seria localizada no Japão. Especula-se que existam outras, em locais como Egito, Rússia e Canadá; mas não são confirmadas pela autora nem os meus feitiços de localização.


Gostou do post? Deixe seu comentário, crítica ou sugestão!

Boa leitura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores