Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

domingo, 2 de agosto de 2015

Primeiras Impressões: Dez coisas que aprendi sobre o Amor - Sarah Butler

É possível se apaixonar por um livro na primeira página? Descubra a resposta no fim da postagem.


Recebi com muita felicidade um demo do livro Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor, de Sarah Butler para degustação. O livro é um dos lançamento da Editora Novo Conceito para este mês de Agosto, aliais a Novo Conceito vem surpreendendo a cada mês com um lançamento mais apaixonante que o outro. Bem, o que aprendi com essa degustação?

Minha primeira impressão assim que vi a arte da capa era de que o livro tinha um ar de mistério. E por mais indiferente que eu tenha tentado ser não consegui ignorar as provocações do livro, confesso que a história mal havia começado e já me sentia preso à ela. Difícil não se apaixonar por uma capa tão bela e ao mesmo tempo obscura, mas tão convidativa quanto um beijo ou grande abraço apertado. O que me deixou ainda mais surpreso e fascinado pela trama, foi a escrita leve em sem muitos floreios com suas narrações intercaladas entre Daniel e Alice, um tipo de prosa inovadora embalada em sentimentos doces. Os personagens são pessoas completamente diferentes dos habituais modelos do gênero, possuem em comum apenas o amor pelas estrelas, mirtilos e cores, mas traduzem um sentimento tão puro, que é praticamente impossível não se apaixonar por ambos.

Descrever os sentimentos durante a leitura não é fácil. O livro mexe com vários tabus, com o fato do protagonista não ser um modelo de personagem, com as traições que ocorrem na história, os relacionamentos citados, Alice e Kal que não poderia ''mostrar'' Alice para o mundo, Alice e sua culpa, uma culpa que não deveria existir, Daniel que se acha tão ''pouco'', tão pequeno e que é tão grande, mostrando que nem sempre o que tem maior preço é o mais valioso. Você se coloca no lugar de Daniel e se vê cercado pelas mazelas da sociedade, ou se coloca no papel Alice e encara uma vida sem rumo, sente o desespero de ambos e quer que tudo seja resolvido numa história tão especial e diferente.

Esse é o livro é estreia de Sarah Butler e que pelo visto irá ser um grande sucesso! Pelo meu "sentido leitor", estou achando que algo incrível ainda vai acontecer, (mas ainda preciso confirmar minha teoria).

Achei muito legal a degustação que recebi. Quero poder ter o livro inteiro em minhas mãos para poder saber o que vai acontecer com os personagens e matar essa curiosidade que já está me deixando louco pois com certeza aprendi muito mais que DEZ coisas sobre o amor!





Título: Dez coisas que aprendi sobre o amor
Autora: Sarah Butler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Lançamento: Agosto de 2015

Breve sinopse: Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?







Para fechar esse post resolvi fazer uma lista sobre 10 coisas que senti ou pensei durante a leitura.

1. O amor enlouquece.
2. O amor inspira.
3. As pessoas morrem.

4. A vida segue sem pedir permissão.
5. Há um lado bonito na tristeza.
6. Nunca se está realmente só.
7. Serei um pai coruja.
8. Quero ter um filho chamado Dante e/ou uma filha chamada Sophia.

9. É melhor ter paz do que ter razão.
10. Um homem bom respeita a família.

E você o que achou dessa primeira impressão? Que tal deixar sua opinião com a SUA lista de dez coisas que você sabe sobre o amor? Ah... Sim, já ia me esquecendo. Sim, é possível se apaixonar por um livro. ^^

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores