Papos sobre literatura, séries, cinema e mais.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Ser Leitor(a)


Ontem, 7 de Janeiro, dia nacional do leitor. Uma data em que me reconheço muito, mas afinal o que é ser leitor?

Primeiramente vamos falar um pouco sobre este dia, por que 7 de janeiro é o dia nacional do leitor?

A comemoração brasileira, surgida a partir do aniversário do jornal cearense “O Povo”, que foi fundado em 7 de janeiro de 1928 pelo poeta e jornalista brasileiro Demócrito Rocha.  Dentista, funcionário dos Correios e telégrafos, intelectual, deputado federal e jornalista combativo, fundou, em 1929, o órgão literário Maracajá, tido na terra de Alencar como a “revista literária que o paladino e trincheira do movimento modernista no Ceará”.



Quando Demócrito Rocha fundou o jornal diário O Povo, que se transformaria numa espécie de cartão de visita do Ceará, o Maracajá passou a circular como um dos seus suplementos. Por um lado, O Povo combatia os “desregramentos políticos da época”, e por outro, o Maracajá abrigava a produção dos poetas e intelectuais da terra, onde o próprio Demócrito Rocha publicou a maioria de seus poemas, curiosamente sempre assinados com o pseudônimo de Antônio Garrido.
Fonte: Clube do livro de Satolep.


Agora sim vamos falar sobre uma criatura de hábitos tão peculiares e distintos, o ser chamado leitor.


Ser leitor não é apenas ler livros de modinha nem ficar apenas de mi-mi-mi do cheiro de livros. A leitura para o leitor não é apenas um hábito nem simplesmente um mero luxo, é um estilo de vida. Muitos leitores encorporam essa saudável prática a uma postura de e elegância e sofisticação que reflete em uma visão mais crítica (as vezes até crítica demais ou fantasiosa) do mundo.

Minha árvore de natal foi feita com mais de 200 livros dos mais variados gêneros e estilos.
O leitor segue em linhas gerais alguns rituais caprichosos:

Babar pela capa do livro
Cheirar livro (livro novo heim)
Dar livros de presente
Fazer dedicatórias
Vigiara promoções literárias na web
As vezes fazer uma tatuagem com uma frase ou simbolo de alguma saga
Comprar mais livros do que pode ler
Fazer selfie com os livros ou com a estante


Então entendam que ser leitor não é apenas decodificar palavras numa folha de papel, ser leitor é muito mais que isso. É saber que a leitura é um passaporte para fora de si e um melhor de si, um leitor de verdade nunca é o mesmo ao de um livro, capítulo ou até mesmo no final de uma página.

Encerrando este post deixo aqui algumas outras postagens relacionadas que tenho certeza que vão gostar.


Espero que tenham gostado. Ótima semana e boa leitura!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita. Confira outros posts sobre este assunto. Deixe aqui o seu comentário, crítica, sugestão. Curta o Um Fílosofo na Web no Facebook e siga no Twitter ou Instagram. Obrigado!

: PARCEIROS :

Grupo Editorial Autêntica

Editora Novo Conceito

Seguidores